Shapeblue aproveita o poder do Kubernetes e do CloudStack para dar aos Provedores de Serviço de Nuvem uma oferta perfeita de Container como Serviço

, ,

container serviceA Shapeblue, The CloudStack Company, e Skippbox anunciaram a primeira versão de CloudStack Container Service: um software que possibilita os Provedores de Serviços de Nuvem ofertar Container como Serviço (CaaS) em seus ambientes IaaS CloudStack existentes.

O software oferece aos usuários finais a capacidade de usar vários motores de containers, como Docker e rkt, além de hospedar registradores de containers como Docker hub, Quay ou Google Container Registry (GCE), bem como seus próprios registradores privados. O plugin permite superar o maior desafio para os provedores de IaaS existente: oferecer rapidamente aos seus usuários uma oferta de CaaS robusto e, ao mesmo tempo, disponibilizar uma experiência de usuário contínua e sem interrupção de seus processos de negócios IaaS existentes e de seus modelos comerciais.

main cluster view

Giles Sirett, CEO da ShapeBlue, explicou como funciona os drivers por trás do produto: “Por algum tempo, muitos de nossos clientes têm experimentado diferentes ferramentas e plataformas, a fim de oferecer Containers como Serviço. Existem diversas ofertas concorrentes mas, nenhuma delas tem ultrapassado os principais desafios enfrentados pelos provedores de IaaS existentes. Estes desafios são, em primeiro lugar, oferecer ao usuário uma experiência perfeita ao lado de suas ofertas de máquinas virtuais tradicionais e, em segundo lugar, fornecer um serviço que permita que o provedor de serviços possa atender estas novas ofertas em seus modelos comerciais existentes. A maioria dos novos produtos que estão sendo desenvolvidos para gerenciar ambientes de containers, assumem um ambiente que nenhum tipo de sistema tenha sido instalado e exigem uma sobreposição completamente segregada de funcionalidade, com uma experiência de usuário diferente e a necessidade de uma ampla integração em torno de processos de negócios”.

Sirett continua: “O CloudStack Container Service pode ser instalado em horas e o prestador de serviços pode oferecer imediatamente serviços de container e gerenciamento de cluster para seus usuários sem nenhuma em seus processos existentes de experiência do usuário ou de negócios. Os usuários finais podem imediatamente implantar aplicativos de nuvem nativos em seus próprios clusters de containers.”

new dialog

O CloudStack Container Service foi desenvolvido como um plugin para o Apache CloudStack,

a plataforma de orquestração de nuvem amplamente utilizada por um grande número de prestadores de serviços de grande porte. Ele dá aos usuários a capacidade de criar clusters de containers dentro de um ambiente multi-tenant existente fornecido pelo CloudStack. A experiência do usuário é transparente: os usuários agora podem criar clusters de containers, implantar e gerenciar suas aplicações de nuvem nativas utilizando a mesma interface de usuário que utilizam para gerenciar sua infraestrutura de computação, rede e armazenamento existente. Para os prestadores de serviços que executam a interface de usuários dedicada ou personalizada, uma série de chamadas de API simples foram adicionados à API CloudStack para permitir uma integração simples e suave.

De forma semelhante ao Amazon EC2 Container Service e ao Google Container Engine,os usuários simplesmente pagam pelos recursos que consumirem para sustentar seus clusters de containers. Isto dá a vantagem de não ser necessário realizar nenhum tipo de alteração na camada de negócios ou nos modelos comerciais do prestador de serviço.

O CloudStack k8s daashboardcontainer service explora o Kubernetes, uma plataforma de orquestração de containers de código aberto desenvolvido pelo Google. O Kubernetes fornece a plataforma subjacente para automatizar a implantação, ampliação e operação de aplicações de nuvens nativas através de cluster de hosts no ambiente de provedor de serviços. Ele define um conjunto de blocos de construção (“primitivos”), que em conjunto proporcionam mecanismos para implantar, manter e escalar aplicações.

Sobre a escolha desta tecnologia para sustentar o CloudStack Container Service, Sebastien Goasguen, fundador da Skippbox comentou: “Kubernetes está emergindo como um padrão para a orquestração de containers. As empresas estão exigindo plataformas como Kubernetes, a fim de ser capaz de implementar aplicações de nuvem nativas em ambientes de produção. Vemos Kubernetes se tornar uma tecnologia dominante em diversas empresa e no espaço de prestador de serviços.”

O CloudStack Container Service é uma colaboração entre Shapeblue e Skippbox, uma empresa especializada em trazer soluções de ferramentas para desenvolvimento de software e de ciclo de vida de aplicações para a era de nuvem nativa.

O CloudStack Container Service está disponível como preview imediato para os prestadores de serviços. Uma versão de código aberto do software está previsto para ser lançado em breve.

sobre a ShapeBlue

A ShapeBlue é a maior integradora independente de tecnologias CloudStack a nível global e é especialista na concepção e implementação de infraestruturas de nuvem IaaS para ambas as implementações de nuvem privada e pública. Os serviços incluem provejos de nuvem IaaS, Engenharia de Software, Consultoria CloudStack e Treinamento.

A empresa tem uma base de clientes global com escritórios em Londres (UK), Mountain View (CA), Bangalore (India), Rio de Janeiro (Brasil) e Cape Town (Africa do Sul).
The company has a global customer base with offices in London (UK), Mountain View (CA) and Bangalore (India), Rio de Janeiro (Brazil) and Cape Town (South Africa). Para Maiores informações acesse: shapeblue.wpengine.com.br.

Sobre Skippbox

SkippBox é empresa especializada em trazer ferramentas e soluções de ciclo de vida de desenvolvimento de software para a era da nuvem. Para maiores informações acesse: www.skippbox.com